Chamada de artigos:: Revista Configurações 25/ Dossier temático “Debater o desenvolvimento: questões, dilemas e alternativas“

 

index

 

 

 

 

 

Chamada de artigos – Revista Configurações
Revista Configurações n. 25/ 2020

 

Dossier temático: Debater o desenvolvimento: questões, dilemas e alternativas

Coordenação: Fernando Bessa Ribeiro (ICS-UM e CICS – Polo da UM); Ivonaldo Leite (UFPB e Centro de Ciências Aplicadas e Educação – Brasil); Joel Felizes (ICS-UM e CICS – Polo da UM).

Multifacetado, complexo, polissémico, sujeito a sucessivas reformulações, adaptações e renovações, o desenvolvimento tem um trajeto histórico feito de sucessos, fracassos e debates intensos. Não existindo consenso teórico e político sobre o que significa o desenvolvimento e sobre as políticas e práticas que o possam concretizar, os problemas sociais e ambientais que enfrentamos fazem dele objeto da maior relevância para avaliar o presente e escrutinar o futuro das sociedades humanas.             A abordagem crítica ao desenvolvimento exige que não seja visto apenas como um conceito técnico, mas também e sobretudo como um conceito político e moral. Inseparável de outros conceitos-fortes da modernidade, como o do progresso, tal implica considerá-lo no debate sobre o desenvolvimento. Interpelando-o, será desejável quando, em seu nome, os múltiplos processos de desenvolvimento contribuíram para nos aproximar do colapso ambiental, sem que muitos dos problemas sociais tenham sido solucionados? Enfim, de que falamos quando falamos de desenvolvimento? Será ainda pertinente e viável, quando depois de tantas décadas e planos de desenvolvimento, as organizações internacionais continuam a visar objetivos tão simples mas urgentes e fundamentais como a erradicação da fome e da pobreza extrema?              Procurando pensá-los de um modo dialético, no quadro do capitalismo, simultaneamente como avanço e catástrofe, seguindo as leituras de Michael Löwy e Fredric Jameson dos textos de Marx, desenvolvimento e progresso são conceitos e alicerces da ação política que necessitam de ser clarificados e discutidos, considerando nomeadamente as inovações tecnocientíficas que produziram a possibilidade bem real de destruição do planeta (v.g., guerra nuclear). Tendo como “pano de fundo” uma demografia que vai levar a população humana para próximo dos dez mil milhões de indivíduos em meados do século, pelo que desenlace algum pode dispensar a sua convocação ao debate, este é nutrido também pelas propostas em torno do desenvolvimento sustentável, hoje incorporadas nos discursos e agendas políticas dos governos, bem como pelas propostas radicais do decrescimento e das alternativas pós‑desenvolvimentistas e pós-capitalistas.

Serão bem acolhidos artigos que, alicerçados em diferentes enfoques disciplinares, teóricos e metodológicos, contribuam para o debate crítico sobre o desenvolvimento, facultando ao leitor o aprofundamento do seu conhecimento, em particular acerca dos seguintes temas:

  1. O desenvolvimento como objeto histórico, político e sociológico;
  2. Desenvolvimento, progresso, capitalismo e os confrontos teóricos;
  3. Crescimento económico e desenvolvimento;
  4. A questão ambiental e o papel da sustentabilidade na renovação do desenvolvimento;
  5. Os debates em torno do decrescimento e os contributos radicais dos que imaginam o futuro sem o desenvolvimento;
  6. A demografia como questão e as polémicas (neo)malthusianas.

Os artigos devem ser enviados para configuracoes_cics@ics.uminho.pt até 1 de Julho de 2019, em conformidade com as normas disponibilizadas em anexo.

 

Calendário

Deadline para a submissão do artigo: 1 de Julho de 2019

Envio da decisão para os autores: 1 Novembro de 2019

Publicação da revista: 30 Junho de 2020

Informações adicionais encontram-se disponíveis em: http://configuracoes.revues.org/.

 

Comments are closed

Sorry, but you cannot leave a comment for this post.